APA COSTA DOS CORAIS

     Após o workshop Internacional “Recifes de Coral Brasileiros” realizado em março de 1997 em Tamandaré-PE e coordenado pelo Dr Mauro Maida Professor do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal de Pernambuco que além de resultar na inclusão do Parágrafo Único no Art 18 através do Decreto Presidencial n°3179 de setembro de 1999, também gerou subsideos para o Decreto Federal, em 23 de Outubro de 1997 que cria a maior unidade de conservação marinha brasileira voltada para proteção dos recifes costeiros.

     Abrangendo uma área de aproximadamente 413.563 hectares, que se estende do município de Tamandaré, no litoral sul de Pernambuco, até Paripueira em Alagoas, a APA Costa do Corais tem como um dos principais atributos desta Unidade de Conservação, localizada no litoral nordestino, é de estar localizada, em grande parte, na plataforma continental do litoral nordestino, onde se encontram as maiores extensões de recifes de coral costeiros do país. A presença desses ambientes propicia a ocorrência de uma grande diversidade biológica, representada por algas, corais, peixes, crustáceos, moluscos e outros seres, como o peixe-boi marinho (Trichechus manatus),  e o Mero (Epinephelus itajara)ameaçados de extinção.

     A APACC foi criada exclusivamente em áreas públicas classificadas como "Patrimônio da União" e em "Áreas de Preservação Permanente", abrangendo ambientes marinhos e estuarinos. Ao longo da história, o uso desordenado dos ambientes que compõe a APACC desencadeou um processo crescente de degradação, devido à ocorrência de fatores antrópicos impactantes como a pesca predatória, a coleta de corais, o desmatamento de encostas e de matas ciliares, a ocorrência de queimadas na zona canavieira, o despejo de efluentes nos rios e o turismo desordenado, entre outros.

Diante desse cenário, a APACC foi criada com os seguintes objetivos:

 

* garantir a conservação dos recifes coralígenos e de arenito, com sua fauna e flora;

 

* manter a integridade do habitat e preservar a população do peixe-boi marinho (Trichechus manatus);

 

* proteger os manguezais em toda a sua extensão, situados ao longo das desembocaduras dos rios, com sua fauna e flora;

 

* ordenar o turismo ecológico, científico e cultural, e demais atividades econômicas compatíveis com a conservação ambiental;

 

* incentivar as manifestações culturais e contribuir para o resgate da diversidade cultural regional.

 

ÁREA DE INFLUÊNCIA DA APA COSTA DOS CORAIS

 

A definição da área de influência da APACC e sua caracterização foram essenciais para o entendimento das dinâmicas locais e regionais que envolvem esta Unidade de Conservação.

Conforme o decreto de criação, os municípios inseridos na APACC são: Rio Formoso, Tamandaré, Barreiros e São José da Coroa Grande, no estado de Pernambuco; e, Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Passo do Camaragibe, São Luiz do Quitunde, Barra de Santo Antônio, Paripueira e Maceió, em Alagoas.

http://www.icmbio.gov.br/apacostadoscorais/